Bem vindo ao site do sindfisc

Na festa do Dia dos Motoristas, condutores encaminham um plano de lutas

Mais uma vez, as dependências do CMTC Clube ficaram tomadas de trabalhadores, que prestigiaram o evento comemorativo ao Dia dos Motoristas, neste dia 25 de julho.

Organizada pela direção do Sindmotoristas, a festa teve, ao menos, três coisas que a categoria aprecia: churrasco, chopp e futebol. Nesta tarde foram realizadas as seminais do Torneio de Futebol dos Condutores.

O recente anúncio da Prefeitura de que haverá redução da frota de ônibus a partir de agosto, fez com que os dirigentes e condutores discutissem as formas de enfrentamento às medidas que ameaçam o emprego de milhares de trabalhadores.

Na festa, o deputado federal e presidente licenciado do sindicato, Valdevan Noventa, que participa diretamente das negociações com o Poder Público e com os empresários sobre a garantia de direitos e do emprego, saudou os trabalhadores em transportes, em especial, os profissionais do volante, guerreiros das vias e estradas, pelo seu dia.

Noventa ressaltou sua preocupação, o que está prestes a acontecer não será bom para os trabalhadores. “O texto da licitação será julgado dia 31 e, se a decisão for favorável à Prefeitura, haverá um desmanche atingindo todo o sistema de transporte público da capital paulista”.

PLANO DE AÇÃO

O dirigente defendeu um plano de ação: distribuição de um jornal do sindicato denunciando em detalhes a armação por trás do processo licitatório e convocando uma grande assembleia, em frente à sede da entidade, já para a próxima segunda-feira (29), com o objetivo de aprovar a greve da categoria quarta-feira (31), no mesmo dia do julgamento da licitação.

A Gestão de Bruno Covas insiste nas mentiras de que não haverá demissão. Mas só na primeira etapa de implantação do projeto, com a redução da frota e do número de cobradores, o sindicato estima que mais de sete mil trabalhadores serão excluídos do sistema. Por outro lado, as empresas adiantaram que não têm dinheiro para as indenizações.

 

Segundo a Prefeitura, os trabalhadores excedentes serão remanejados para as antigas cooperativas, que não respeitam a Convenção Coletiva de Trabalho, ao praticar salários mais baixos e sem benefícios sociais. A direção do Sindmotoristas entende que é uma proposta indecente, trabalhadores das concessionárias não aceitarão emprego nessas condições.

Na assembleia, será proposta, além da paralisação, uma passeata dos trabalhadores em transportes saindo do sindicato, passando pela Avenida Paulista, Consolação até à sede da Prefeitura, na região central da cidade.

Por fim, o presidente Noventa reforçou a convocação dos trabalhadores para a participação em massa na semana de luta. “Temo que a licitação de agora possa ser mais maldosa que a de 2003. Então, não há tempo a perder. Vamos para a guerra”.

 

NOSSOS PARCEIROS E AFILIADOS  

 

Mafisa Turismo

NOSSOS PARCEIROS E AFILIADOS  

 

NOSSOS PARCEIROS E AFILIADOS  

 

MAFIZA TURISMO
PLENDONTO
SINDIFISC - Sindicato dos Trabalhadores em Fiscalização e controle operacional nas Empresas de Transporte de Passageiros, Gestoras Prestadoras de Serviços do ABC e Litoral Sul. Todos direitos reservados, a reprodução total ou parcial desse site sem permissão implica em direitos autorais .